O que é RFID?

 
A tecnologia RFID (Radio Frequency Identification) é um termo genérico para as tecnologias que utilizam frequência de rádio para captura de dados. Esta tecnologia é utilizada para a detecção e identificação automática de um objeto. 
Um sistema de RFID básico consiste em três componentes: etiquetas, leitor e antenas. O leitor normalmente está conectado a um computador central ou outro equipamento que possua a Inteligência necessária para processar os dados da etiqueta.
O Sistema RFID possui o seguinte funcionamento: um aparelho com função de leitura envia, por meio de uma antena, sinais de radiofrequência em busca de objetos a serem identificados. No momento em que um dos objetos é atingido por estas ondas, ocorre um acoplamento entre ele e a antena, o que possibilita que os dados armazenados no objeto sejam recebidos pelo leitor. Esse trata a informação recebida e a envia ao computador. O elemento que permite a comunicação entre a etiqueta e o leitor é a antena. A etiqueta e o leitor possuem uma antena cada um.

 

 

Funcionamento RFID
         Outro importante elemento de um sistema RFID é a frequência de operação entre a etiqueta e o leitor. A seleção da frequência específica é determinada pelas exigências da aplicação, como ambiente, objeto que receberá a etiqueta, velocidade de resposta, entre outros.

 

 

Fontes:        HESSEL, Fabiano. VILLAR, Reinaldo Serrano Goy. DIAS, Renata Rampim de Freitas. BALADEI, Suely De Pieri .  Implementando RFID na
                         Cadeia de Negócios. EdiPUCRS: Porto Alegre. 2012. 
                     http://brasil.rfidjournal.com/perguntas-frequentes

 

O RFID é melhor que o código de barras?

       RFID não é necessariamente "melhor" do que os códigos de barras. As duas são tecnologias diferentes e têm diferentes aplicações, que às vezes se sobrepõem. A grande diferença entre as duas é que códigos de barras é uma tecnologia de linha de visão. Isto é, um leitor tem que "ver" o código de barras para lê-lo, o que significa que as pessoas normalmente têm de orientar o código de barras em direção a um leitor para que ele seja lido. Identificação por radiofrequência, por outro lado, não requer linha de visão. Tags RFID podem ser lidas desde que estejam dentro do alcance de um leitor. 
                 Códigos de barras têm outras deficiências também. Se um rótulo está rasgado, sujo ou caiu, não há nenhuma maneira para digitalizar o item e códigos de barras padrão identificam apenas o fabricante e o produto e não o item individual. O código de barras em uma caixa de leite é o mesmo que todos os outros, tornando impossível identificar qual deles pode passar a data de validade primeiro. 
          A principal do RFID não é simplesmente substituir o código de barras, pois ele permite a codificação de objetos onde o código de barras não é eficaz. Esta tecnologia pode ajudar a aumentar a produtividade, gerir inventários, rastrear objetos, facilitar a logística, etc.

 

 

Herrtech Soluções RFID. Copyright 2015 - All rights reserved - Criado por DB Design